A alma da tua mãe flutua adiante.
A alma da tua mãe ajuda a noite a navegar, escolho após escolho.
A alma da tua mãe fustiga os tubarões à tua frente.

Esta palavra é a disciplina da tua mãe.
A discípula da tua mãe partilha o teu jazigo, pedra a pedra.
A discípula da tua mãe inclina-se para a migalha de luz.


In: Paul Celan, OS POEMAS, edição Assírio & Alvim, Tradução de João Barrento e Y. K. Centeno

Imagem: Tifenn Python


Paul Celan, Paul Pessakh Antschel 🇷🇴 (1920-1970) nasceu em Cernăuţi. Até o fim da I Guerra Mundial, a região pertencera ao Império Austro-Húngaro, e, por isso, o alemão, ao lado do romeno, era a principal língua de comunicação da aristocracia cultural de origem judaica, à qual o poeta pertencia e que constituía quase a metade da população. Traduziu mais de quarenta poetas, inclusive Pessoa. Sobrevivente do Holocausto, Celan é considerado um dos mais importantes poetas modernos de língua alemã. Suicidou-se por afogamento, no rio Sena, em abril de 1970, aos 49 anos.